sábado, 15 de janeiro de 2011

''Meu egoísmo''

Eu vivo buscando algo,
algo que eu não sei
algo que eu só sei quanto te vejo;
Do beijo frio,da saliva quente
que desce,e que se sente..
Do brilho fosco dos olhos que se ascendem..
..só pra te ver..
e é esse fácil amor,que me atrai e me joga
falso vinho que seduz,sem gosto.
Dos dedos caleijados que crescem nas madrugadas interruptas,
do solo da nossa música.
e do cheiro do tabaco,do cigarro no meu cabelo;
e Eu,que já nem vivia mais
buscava algo ,tenso,denso,intenso
Como quando me perdia sob'efeito do seu cheiro,o meu pior veneno.
de um porre de qualquer embriaguez barata,que vez enquando soltava um gargalho total,ecoando no fundo do bar..
e que talvez seja assim,enfim
que Busco ..
a felicidade da minh'alma.. da Simplicidade e da simplicidade do meu desejo,
que sim,seja como Eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário