quinta-feira, 21 de outubro de 2010

pra sempre..

e no coração dela palpitava e corria aquele veneno indolor;sentimentos que entravam em fusão, um tal de amor..que passava por suas narinas,e se afugentava direto em seu coração..
O odio já não fazia mais parte dela,só o amor é que pairava e em sua mente a unica coisa que lembrava é que; não seria mais ela,e sim..dois corpos numa alma e assim enfim sós no meio de uma imensidão;Interligados
[...]e naquela constante mutação,suspirava e escolhia o que era mais propicio,o abandono.
ele; - está sentindo?
ela; - já sinto sim..está tão fortemente amarrado em mim que mal consigo respirar,'tá vendo'?
ele; ele olhando em volta,pra se certificar de que ninguém estaria olhando,'assustado'e relaxado ao mesmo tempo já não respirava apenas inspirava o ar,pra fora de seus pulmões os ultimos suspiros.
ela; - agora,você vai me amar pra sempre né?
ele; - vou.
ela; - jura então?
ele; - eu juro.
ela; esticou um leve sorriso nos lábios,passou a mãos levemente sobre os cabelos dele,uma ultima lágrima escorreu,e então sussurou - eu te amo pra sempre.
e naqueles instante toda a magia daquele lugar deitados ali se expandiu..e ouve uma explosão..de um pacto imortal de amor proibido.. ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário