segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Vulnerável.

O medo no coração do Homem. Contra um agressor eu irei corajosamente me manter de pé Porque meu coração não tem medo de homem algum, mas de um coração partido eu corro disso com muito medo, com medo de ficar cego em uma noite vulnerável. Eu acredito que esse medo está em todos os homens. Alguns irão entender e outros não conseguiram compreender. Não há medo em um coração superficial. Há um coração cheio de sentimentos que realmente se importa. São frágeis ao simples toque do ar. E seu eu tenho que ser verdadeiro eu tenho que entregar meu frágil coração. Eu talvez receba muito amor de volta ou talvez você me devolva ele partido.


''Eu não tenho medo da morte, meu único medo é de voltar reincarnado''
no momento me sinto confusa..sem direção nenhuma perdida aos ventos

escutem @curimba , http://www.youtube.com/watch?v=y3TghHxSAtI
som do meu povo *-*'

Nenhum comentário:

Postar um comentário